E-Discovery é um procedimento utilizado pelas partes em uma disputa judicial com o objetivo de coletar, organizar e apresentar informações relevantes para a causa. Quanto aos objetivos, há semelhança entre e-Discovery e Forense Computacional, todavia uma das principais diferenças está na profundidade com que são buscadas as informações de interesse. Na primeira, cada parte busca informações e metadados claramente visíveis, enquanto que a segunda utiliza profissionais, métodos e ferramentas especializados para localizar dados ocultos, dispersos ou que demandam complexa interpretação técnica. Assim, pode-se considerar em termos gerais que e-Discovery trata de informações claramente visíveis enquanto que Forense Computacional foca a análise de elementos que dependem de conhecimentos técnicos, portanto que não sejam óbvios ao observador médio.

Em breve, neste portal, notícias e artigos sobre essa palpitante questão.

Veja também